terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Cobiça - J. R. Ward

Título original: Covet
Editora: Universo dos livros
ISBN: 978.85.7930.194-0
Páginas: 495


Redenção não é uma palavra que Jim Heron conhece muito bem – a especialidade dele, pessoal e profissional, é vingança, e para ele, pecado é bem relativo. Mas tudo muda quando ele se torna um anjo caído e é incumbido de salvar as almas de sete pessoas dos sete pecados capitais. Sua arma: o poder do amor. Seu inimigo: o mais sombrio mal. E falhar não é uma opção. Vincent Di Pietro se entregou ao seu trabalho – até que o destino intervém na forma de um muito convincente, dono de uma Harley, salvador declarado, e uma mulher que o fará questionar seu destino. Com um mau antigo pronto para reclamá-lo, Vin tem que trabalhar com um anjo caído não apenas para salvar sua pele… mas para salvar sua alma.



O primeiro volume da mais recente série da autora J. R. Ward, é totalmente diferente de sua mais famosa série Irmandade da adaga negra, a trama é totalmente avessa á dos vampirões, mais por favor não estranhem se nessa resenha na qual escrevo agora estiverem presentes muitas referências á irmandade e até mesmo comparações entre as duas séries.
Ward nos apresenta um mundo novo (apesar de ser na mesma cidade - Caldwell)  de anjos que não tem nada a ver com nossa visão tradicional e seus oponentes, ou melhor, sua oponente, pois Devina não precisa de mais ninguém pra por em prática seus planos malignos.   


Em Cobiça vemos os personagens principais (Vim diPietro e Marie Terese) lutando contra forças demoníacas que ameaçam não só seu amor como suas vidas, e quem tem o dever de ajuda-los é Jim Heron, um cara durão que após sofrer um acidente de trabalho (e ir pro céu) recebe a missão (de 4 anjos muito fofos que eu queria que tivessem aparecido muito mais) de ajudar sete almas, cada qual assolada por um pecado diferente, como o título bem diz, Vim foi certamente amaldiçoado (literalmente) pela cobiça e agora com a ajuda de Jim, precisa correr para resgatar sua alma e o amor da mulher que ama.


Eu comprei esse livro, não porque a estória me interessou ou as críticas me deixaram curiosa, mas porque é da WARDem, e eu pensei "nossa, deve ser tão bom quanto os outros livros dela e qual coisa dela eu tô topando", é foi? Não, não foi tão bom, ei ei ei, mas antes que vocês desistam de ler Cobiça, me deixam pelo menos concluir meu raciocínio, ok?
Então tá, como eu disse, não foi tão bom como eu esperava, mas, também não foi ruim, de modo nenhum, só diferente, a estória corre em um ritmo mais "tranquilo" sem aquela urgência que te faz prender o fôlego, também há menos tramas paralelas, mas continuamos vendo por diferentes pontos de vista, o que eu gosto bastante.


Agora vamos falar do casal,  Vim diPietro é um ricaço que mora no Commodore, tipo o prédio mais chick da cidade e também onde meu amado Vishous, tem seu, digamos assim, sua brinquedoteca hard-core *suspiro*, e ah, sabe quem mora lá também? Rehvenge, aquele doce de homem/vampiro/sympatho (o lindo, maravilhoso que vocês podem conhecer participando do top comments), e não poderia esquecer de manny manello (gente, como pode 4 personagens maravilhosos morarem no mesmo lugar?) opa, lá vou eu misturando as coisas de novo, parei (por enquanto), como eu ia dizendo, Vim é um cara pra lá de rico e que tem a biscate Devina como noiva, e que no começo eu pensei que ia ser um puta de um arrogante, mas estava enganada, na verdade eu gostei pra caramba dele, Marie-Terese por sua vez é uma mulher atormentada por coisas do passado e que trabalha duro (de um jeito que nem todos aprovam) pra poder ter uma vida relativamente normal, sobre ela não tenho muito o que falar a não ser que antes eu não estava com tanta certeza se ela era a "coisa" certa pro Vim, mas isso foi um pensamento infundado, pois WARDen sempre deixa a gente incrivelmente surpresos, e que Marie é uma mulher muito forte que pode ser exemplo de força de vontade, ah e que as coisas entre eles dois são sempre uma melosidade danada, quase morri de coma diabético.


Para que Jim possa completar sua(s) tarefa ele conta com a ajuda de dois anjos -  Adrian e Eddie  - que você nunca iria chamar de anjos, principalmente o Adrian, eita cara safado e olha que eu achava isso antes dele fazer uma puta sacanagem com o Jim, mas tudo bem depois você conhece mais dos caras e eles são na verdade bem razoáveis na escala de simpatia, sem falar que Adrian é um palhaço que te faz rir o tempo todo, tá, confesso, eu gosto dele (♥Adrian♥).


E por último algumas observações:
  • Não entendi porque "Fallen angels", se alguém puder dar um help aqui, eu agradeceria.
  • Estou convencida, Caldwell é um ovo de codorna, porque mesmo que os irmãos não tenham nada a ver com a estória a gente esbarra neles toda hora, mas só quem já leu sobre os bonitos consegue reconhece-los .
  • Estou avisando quem tem estômago fraco passe longe desse livro, ok? Estão presentes muitas coisas fortes inclusive uns rituais macabros que dão um frio na espinha.
  • Em compensação, também muitas cenas hots, como já é de costume nos livros da autora, (não recomendo a leitura desse livro em lugares públicos, digo por experiência própria, pois um dia estava lendo no ônibus e tive que parar pois estava muito vermelha e morrendo de vergonha e quase gritando "Vim, seu fdp para com isso!!!").
Abraço á todos.     

4 comentários:

Marília disse...

Olá eu gostei bastante da resenha, parabéns , porém não conheço o livro, é o primeiro da série vc disse né, vou procurar me atualizar sobre isso rsrs.
Vc já segue meu blog?
Se por acaso quiser dar uma olhada e seguir está aqui:
http://mariliatasso.blogspot.com/
bjuss..

VDC disse...

Oi!!
Da autora só li a série IAN mesmo...
Hehe...
Vi seu recadinho no Skoob e adorei o blog!!
Já estou seguindo aqui!
Me segue de volta?
sosneurose.blogspot.com

The Lazy Girls disse...

Eu confesso q ainda não li nada da autora (eu sei em q planeta vivo? rs)
Mas tava meio curiosa sobre essa serie e agora tó com vontade de começar a ler "Fallen Angels"
Gostei muito da resenha! Tbm amei seu blog!

Eu to seguindo aqui, se quiser passar no meu blog, seguir e comentar, eu vou amar! rs

http://falleninme.blogspot.com/ desde já obrigada!

- Paty

Arine-san disse...

Nunca ouvi falar da série... mas conheço o nome da autora de algum lugar! haha. Como não sou de ler séries, ai não sei [;
Mas a sinopse me interessou. E sua resenha me fez ficar com uma vontadezinha - nao grande, mas suficiente - de ler o livro ^^ Ótima resenha, viu?

Blog fofinho... já estou seguindo.
Beijos.
--
vicioempaginas.blogspot.com